Colunas:

O PRÉ E O PÓS-PARTO

25 Jan O chamado "período de transição" que compreende o pré e o pós-parto é considerado hoje, o momento mais importante da vaca leiteira de alta produção!

 

Vale lembrar que muitos problemas do pós-parto já estão definidos antes do parto.
Os problemas do pós-parto, tais como: acetonemia, hipocalcemia, retenção de placenta, deslocamento de abomaso, mastite, problema de casco; muitas vezes tem os mesmos fatores predisponentes.

A questão é complexa e as medidas de prevenção devem se iniciar bem antes do parto. Segue algumas medidas:
1) Controle do escore corporal. Vacas e novilhas com escore elevado, tem menor consumo de alimento nas últimas semanas que antecedem o parto e tem maior probabilidade de desenvolver problemas no pós-parto. Uma estratégia seria o uso de BST em conjunto com uma dieta menos energética, nas vacas com escore corporal mais alto, já no meio da lactação.
2) Utilizar uma dieta menos densa no período de 60 a 30 dias de pré-parto, usando forragens fibrosas.
3) Usar uma dieta aniônica, 30 dias antes do parto.
4) Assegurar o conforto térmico também neste período pré-parto.
5) Imediatamente após o parto, fornecer drench com 30 litros de solução, em temperatura morna.
6) Colocar a vaca recém parida em um pasto sombreado, próximo a ordenha e com acesso a um alimento de qualidade por dois a três dias.
7) Depois introduzi-la em um lote de transição pós parto, até 30 dias depois do parto.

 

 

Leia também: