Colunas:

BEZERRA FREE-MARTIN

03 Mar O freemartismo é decorrente de alterações no aparelho reprodutivo da fêmea oriunda de parto gemelar, quando os gêmeos são de sexos diferentes.

 

Isto ocorre devido a anastomose dos vasos coriônicos e a chance da fêmea ser estéril é de aproximadamente 95%, ou seja: de cada 20 casos, apenas uma estará apta para reprodução. Importante ressaltar que os machos não sofrem alterações com este tipo de gestação. 
Dica: O diagnóstico pode ser feito logo após o parto, com a introdução de uma pipeta de lavagem na vagina da bezerra (após a devida higienização), medindo o comprimento que penetrou, passando de 15 cm a bezerra pode ser normal, mas se a penetração for inferior a 9 cm, a bezerra deverá ser descartada.

 

Leia também: