Notícias:

Dia Mundial do Meio Ambiente

03 Jun Confira algumas medidas tomadas para preservação e proteção do Meio Ambiente.

 Apesar de o planeta ser composto em sua maior parte por água, sofremos atualmente com a escassez. Apenas cerca de 1% de toda água do mundo está disponível para consumo, é um número que merece a atenção de todos. Confira mais dados abaixo.


 As águas dos rios, lagos e reservatórios foram comprometidas devido ao constante crescimento demográfico e industrial nos últimos anos. E esse agravamento se justifica, sobretudo, pela impossibilidade de aplicar medidas corretivas para reverter à situação.

 

 A disponibilidade de água em todos os continentes tende a diminuir cada vez mais.              Torna-se necessário preservar os recursos hídricos. A população cresce constantemente e com ela o consumo de água, por isso é necessário mudar os hábitos, evitar o desperdício.  Lembre-se não é possível aumentar a quantidade de água no planeta.

 

A Terra possui 75% de sua superfície coberta por água, onde são 97,5% de água salgada, não potável.

0,006% é de água doce disponível para consumo em rios e lagos, nos quais grande parte já se encontra poluída.

1,97% é de água doce, formula de geleiras (não disponível ao consumo humano)

0,001% é de água existente na atmosfera


 Armando Eduardo de Lima Menge divide com nossos leitores importantes ações e medidas realizadas na Fazenda Santa Maria- Menge Gado Holandês, localizada em Pouso Alegre- MG.


 Para Armando Menge “em primeiro lugar, e muito importante, é a conscientização de todos nós de que a situação da água – obtenção e utilização – vem mudando nos últimos anos. Independentemente da determinação das causas dessas mudanças, seja por conta de fenômeno cíclico ou devido ao aquecimento do planeta, o que temos de concreto é que, especialmente nos últimos dois anos, temos acompanhado uma diminuição das chuvas. Por outro lado, com o aumento da população e sua maior concentração em zonas urbanas, o consumo vem aumentando. Como se trata de um bem escasso, essencial para a vida e utilizado para uma enorme variedade de propósitos, a água precisa ser utilizada de forma muito racional.”
                A Fazenda Santa Maria- Menge Gado Holandês há alguns anos já toma uma série de medidas de proteção das nascentes de racionalização do consumo.

 

 

Medidas de Proteção na Fazenda Santa Maria- Menge Gado Holandês


a) Desmatamento zero e rearborização de áreas de topografia mais acidentada; proteção da cabaceira do principal grupo de minas de água, com o plano de árvores apropriadas;

b) Emprego do plantio direto, mantendo sempre uma cobertura vegetal nas áreas de cultura, de forma a respeitar a topografia do terreno e, consequentemente, diminuindo as erosões.

c) Construção de cacimbas para acumular água oriunda de chuvas muito intensas e concentradas (muito volume em pouco tempo) de forma a permitir uma grande absorção dessa água excedente pelo solo (infiltração lenta).

 

Quanto ao consumo, podemos mencionar algumas medidas estruturais:


a) Os nossos free-stalls, construímos entre 1995 e 2005, foram projetadas para não utilizarem o sistema de “flush” de água, ou seja, a limpeza dos dejetos é feita sem o emprego da água.

b) Há mais de 5 anos, operamos um sistema de tratamento de efluentes líquidos, que tem por objetivo tratar os resíduos líquidos dos free-stalls e da sala de ordenha. Após o tratamento a água é devolvida para o solo e, na sequencia, para as represas, sem contaminá-las.

c) Construção de uma represa para captação de águas pluviais, provenientes das coberturas das águas oriundas dessas 4 represas são utilizadas para a limpeza de sala de espera de  ordenha e das instalações que possam utilizar água de reuso.

Finalmente, cabe ressaltar as medidas que tomamos para enfrentar a atual conjuntura negativa, muito séria e preocupante:

a) Conscientização de todos nossos empregados sobre a gravidade da situação e a necessidade de redução do consumo.

b) Suspensão do funcionamento do sistema de nebulização e de arrefecimento dos free-stallse sala de espera de ordenha.

c) Diminuição da freqüência da lavagem de pátios e instalações (fazemos o mínimo necessário).

d) Suspensão da imigração de árvores e plantas ornamentais.       

e) Transposição de água entre as represas para evitar que as menos profundas sequem totalmente.

Há muitos anos a fazenda instalou um pluviômetro para fazer um acompanhamento preciso das precipitações pluviométricas efetivamente ocorridas.

 

Via: Jornal Holandês

 

 

Leia também: